ORAÇÕES

Oração

JESUS, vejo-te como fonte e mesmo tendo sede adio meu dessedentar, vejo-te como pão e tenho fome, mas permito o deleite de deliciar o que não apetece o espírito.

SENHOR, vejo-te como caminho, mas me perco nos labirintos dos meus desequilíbrios, vejo-te com as mãos estendidas em minha direção a retirar-me do lodaçal a que me permiti, a tentar soerguer-me dos precipícios a que me lancei, mas começo a me satisfazer com a lama que me cobre e me confunde com as sombras que me escondo.

SENHOR JESUS, rogo-te então, caminhes em minha direção, pois gastei as minhas forças com meus equívocos, vinde em meu socorro, tal qual há dois mil anos, fende a noite dos meus desalinhos, e pousa no meu coração a lua imorredoura do teu Evangelho.

No meu coração não há humildade tal a manjedoura que viste, e sim orgulho e egoísmo que me impedem a te ver, no meu peito Senhor, não há pastores mesmo por que na maioria das horas sou lobo, vinde ainda assim senhor para que ressoe em minha alma o toque do despertar, e entoe-se o hosana no mais profundo do meu ser.

Se nos tocar, oh Cristo, tudo se modificará, pois no fundo tenho fome, sede e necessidade de ti JESUS.

Que assim seja!